Loading...

domingo, 20 de dezembro de 2009

Não se confunda! Chinês não é Anão Russo!




O hamster chinês é originário da China e da Mongólia e pertence a um grupo de hamsters conhecidos como hamsters-camundongo, porter uma calda longa. O hamster chinês é mantido em cativeiro no Reino Unido desde 1919 e usado em laboratórios. O interesse no hamster chinês como animal de estimação cresceu consideravelmente nos anos 70, quando o hamster russo surgiu nas lojas de animais. O hamster chinês como animal de estimação não é tão comum quanto os sírios e os russos, e isto se deve ao fato de que eles existem em menos quantidade devido a algumas dificuldades em sua reprodução.
Cor: a cor original do hamster chinês é marrom, com uma linha dorsal preta que vai do focinho ao rabo, mas também existem variedades cinzas com manchas brancas.

Tamanho: de 10 a 12 cm

Outras características: Os machos são maiores que as fêmeas. Possui bolsas nas bochechas, que usam para carregar comida ou material para o ninho. É sociável e pode viver com outros de sua espécie, do mesmo sexo ou de sexos diferentes, desde que os animais se conheçam com menos de 3 meses. Quando prenhas, as fêmeas podem se tornar bastante agressivas em relação aos machos, sendo importante manter o casal em uma gaiola grande e com vários esconderijos para o macho (ou se for necessário até separar o casal). Embora seja noturno, o hamster chinês pode eventualmente se tornar ativo durante o dia. Pode mover-se muito rápido e subir em coisas com facilidade, sendo desaconselhável tirá-lo da gaiola (pode ser muito difícil pegá-lo depois). A vida média é de 2 a 3 anos, embora possam viver mais.

Cuidados especiais: use terrários de plástico ou vidro, pois os hamsters chineses são muito pequenos e podem passar pelas barras das gaiolas comuns para hamsters se os hamsters começarem a brigar excessivamente, separe-os em gaiolas diferentes. uma vez separados, note que poderá ser muito difícil juntá-los novamente (note que todas raças de hamster brigam muito, mas só os hamsters sírios não podem conviver junto).

Nenhum comentário:

Postar um comentário